“Os analistas querem um outsider como presidente. A população, não”

0
954

Pretenso candidato à presidência pelo Podemos, Alvaro Dias tenta ser uma alternativa de centro. Ele aparece com no máximo 6% nas pesquisas, mas tem baixa rejeição.

Aos 73 anos de idade, sendo 42 ocupando cargos públicos ou militando em sete partidos diferentes, o senador Alvaro Dias (PODEMOS-PR) pretende disputar sua primeira eleição presidencial com o discurso de renovação da política. “A renovação está nas ideias. Não na longevidade”, diz quando questionado se não há um contrassenso em defender essa mudança. Depois de passar por legendas hoje antagônicas, como o direitista PSDB e o esquerdista PDT, sua meta é se firmar como uma opção de centro, sem amarras partidárias, para tentar angariar os votos dos que não se identificam com as falas radicais que têm se destacado no debate eleitoral nos últimos meses.

Leia mais em EL PAÍS